Blog > 2015

O 5° Passo – A Máquina de Produto

ProductMachine

Um produto é um item ou um serviço, físico ou virtual, composto por um conjunto de funcionalidades, que atende algum desejo ou necessidade, e é colocado á venda por um preço, que depende dos seus atributos e benefícios. Todo produto tem uma vida útil depois do qual precisa ser reposto.

Um produto precisa ter utilidade imediata e embarcar todos elementos que viabilizem o seu uso. É comum nos referirmos ao conjunto dos elementos como whole product, em contraponto ao core product, que é a parte mais tangível da oferta.

Por exemplo, se o computador é o core product, o whole product seria o computador, o software, o treinamento, os periféricos e a conexão a Internet. Se o core product é uma estante, o whole product é a estante, a entrega e a montagem. Sem esses elementos adicionais, o core product não seria tão útil e o tornaria mais difícil de ser vendido.

WholeProduct
Baseando-se nos conceitos de gestão como processo produtivo discutidos no Atributo Andy Grove, para construir uma Máquina de Produto aonde os inputs são as especificações de funcionalidades e o output um whole product, teríamos:

Fluxo-produto
A Máquina começa com o processo de transformação de ideias em especificaçōes de funcionalidades, chamado de Ideação. As ideias vem de diversas fontes: os empreendedores; a equipe, os investidores, os potenciais clientes e, principalmente, os atuais clientes e usuários que comentam ou reclamam sobre o produto. Estas ideias precisam ser avaliadas e especificadas para que seu conjunto possa criar um novo whole product, ou a evolução de diferentes funcionalidades de um produto existente.

As ideias podem ser um novo SKU (um móvel, um óculos, um pneu, uma jóia, uma barrinha de cereal), uma novo tipo de embalagem, um serviço, ou ainda uma funcionalidade em um software. E cada ideia de funcionalidade deve objetivar aumentar o preço do whole product, aumentar o volume de vendas, reduzir o custo de montagem, reduzir o custo de venda, aumentar o life-time value dos clientes, ou ainda reduzir a necessidade de capital de giro.

O principal teste de qualidade deste processo produtivo acontece ainda na fase de Ideação. Isso porque o risco de uma ideia de uma funcionalidade não resultar em um dos objetivos acima é enorme, enquanto o custo de validar esses objetivos é muito baixo.

4-Estagios

Por isso cada ideia deve possuir uma narrativa do porque ela deveria existir. Na Amazon, cada funcionalidade ou produto novo sendo introduzido precisa de um press release ficticio para provar a sua utilidade.  Além da narrativa, é imperativo fazer pesquisas, testes e mockups para validar as ideias.

E cada ideia deve se tornar uma especificação e assim garantir que fornecedores, desenvolvedores e prestadores de serviço saibam exatamente o que você espera e possa reduzir os erros, defeitos e falhas inerentes a qualquer processo.

A fase de Produção é o processo aonde o whole product começa virar realidade. É quando a equipe de compras negocia com fornecedores e a equipe de desenvolvimento programa o software que ira compor o core product. E é quando outras equipes elencam os parceiros e fornecedores para os demais elementos que irão compor o whole product.

A Entrega é a fase quando pode-se gradualmente tornar as funcionalidades disponíveis para 100% dos clientes e consumidores. Ao entregar o novo produto, serviço ou funcionalidade para pequenos grupos, podemos experimentar e testar até que ele esteja provado.

E por fim, nenhum produto esta totalmente concluído. A fase de Ajustes permite o aprimoramento contínuo da solução, gerando novas ideias de melhora, correçōes e até mesmo novas funcionalidades.

Colocando a Máquina de Produto para funcionar:

1) Qual a definição do seu whole product e quem é responsável por ele (o famoso Product Manager)?

2) Qual o processo para coletar as ideias, validá-las e especificá-las (processo conhecido como stage-gate)?

3) Como você testa e especifica as funcionalidades para maximizar as chances de sucesso?

4) Quem é responsável pela produção do core product e quem é responsável por garantir que os demais elementos componham o whole product?

5) Como você lança novos produtos, serviços e funcionalidades?

6) Qual o processo que garante a captura e formalização do que seus clientes acham do seu produto?

Senta a pua!!!